quinta-feira, 5 de março de 2009

Sábia Lulu

Minha irmã mais nova tem 6 anos e às vezes fica enventando músicas. Uma delas é "depois do temporal tudo volta ao normaaaal". Bem criativo até, considerando todo o ritmo e nível de conhecimentos musicais dela(acho que vou começar a guardar alguns autógrafos dela, quem sabe no futuro não valerão dinheiro?). Bom, comentários a parte, posso dizer que depois do temporal, sim, as coisas voltam ao normal, mesmo com alguns chuviscos de fim de verão. O problema é quando, a exemplo de Santa Catarina, além de demorar para passar ele deixa cicatrizes enormes e de repente incorrigíveis.
Usando uma chuva metafórica, quando se percebe que o nível passa do normal é hora de falar com São Pedro que habita em nós mesmos e dar uma trégoa. Explicando mais facilmente essa história toda de chuva e temporal, quando a mágoa, a impaciência, a irritação por uma outra pessoa começa e sobe sem controle é hora de parar, pensar, arrumar uma saída para que não haja uma enchente, digo, uma situação mais drástica ainda. Afinal, na nossa vida ainda podemos tentar evitar deslizamentos de terra em cima do que construímos, ou seja, acabar com uma relação legal que temos por não ter o bom senso de dar um basta no que está a estragando.

Acho que com o começo do ano, mais precisamente nessa primeira segunda-feira pós-Carnaval, além de largar a moleza das férias e mergulhar mais uma vez na escola, nos cursos de inglês, francês, híndi(por que não?, a Índia tá fazendo tanto sucesso agora), é preciso rever atitudes: o que eu quero para esse ano? O que depende de mim para que as coisas melhorem?
Sinceramente, odeio livro de auto-ajuda(não sei ainda como se escreve auto-ajuda na nova ortografia) mas como eles dizem, estabelecer algumas pequenas metas pode te ajudar a ver uma luz lá no fim, e assim sendo, tornar a caminhada até lá mais fácil, até a luz do sol. Afinal, depois da tempestade tudo volta ao normal, o sol tá aí, por trás de alguma núvem!

AVISO 2: Leve todas as minhas dicas e teorias a sério. Sou muito experiente e sei o que estou dizendo!


Conversa no msn após o último post:

Ana Luiza diz: tu chorou mesmo? =o
eduarda diz: muito
Ana Luiza diz: aaaaaai queria te abraçar *-*

que linda essa minha amiga :)

- SIM, estou muito melhor com a minha mãe, seguindo meus próprios conselhos já descritos no post que vossa pessoa acaba de, pacientemente, ler!

6 comentários:

Fe disse...

"depois do temporal tudo volta ao normaaaal". [2] :(:(:(:(

um autógrafo da cantora Lulu e da escritora Maria Duda por favor :D

ana disse...

"después de la tormenta siempre llega la calma.." hahaha ♥

Abbie disse...

Ah, que lindo, o destino nos fez escrever sobre a mesma coisa. OMG! hahah Com esse Sol enorme e brilhante que tá no céu do meu Rio de Janeiro, eu nunca poderia duvidar que depois da céu negro de tempestade ele fique iluminado com o Sol. HAHA Ah, sua irmã me lembrou a minha sobrinha, só que a minha tem 5 anos e em vez de inventar ela simplesmente fica cantando.. Só tem um detalhe, ela canta em inglês. Beeiejos.

thamy disse...

Oie..brigada por me visitar..qdo quiser é só passar lá e tomar uma xícara de chá, sentar e comentar à vontade.
P.s: Eu tbm escrevo em diário
p.s2:Manda um autrográfo da sua irmã pra mim...sabe-como-é-né...

Aquela tal de brito disse...

Sim querida
sempre sol esperando por nós depois da tempestade.
Se texto ficou muito bem elaborado.
E seu blog tah demais, amo One tree Hill e parece que vc tbm gosta *-*

beeeijos;*

3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Duda,

belo texto, menina!

E seu blog é muito bonitinho, parabéns!

Obrigada pela visita e volte sempre!

bjsss

Deb - A Casada

ps: auto-ajuda virou mesmo autoajuda, por mais bizarro que isso possa parecer!! ;-)