domingo, 15 de fevereiro de 2009

nãoconsigopensaremumbomtítulo

Estou indo dormir com uma sensação estranha. Aquilo que esperei por tanto tempo ainda está no ar, mas o que fica é o sentimento de não saber até que ponto foi bom, se mutuamente valeu a pena.
Quero saber o que ele pensa! Eu não consigo entender, é confusão de fatos misturados com o aquele perfume bom, sentimentos e um sexto sentido atormentador.
O que está sob o ar?
Dormirei sem encontrar respostas.

-
Escrevi isso ontem, depois de beijar um guri. A história é complexa demais para comentar no momento.

Estou na fase mais insegura da minha vida. 16 anos e milhões de decisões que mudarão o mundo, milhares de dúvidas que(tá, essas sim) mudarão a minha vida(um pouco) e MUITO drama. Eu sei que não sou só eu que tenho dúvidas e não sei o que se passa na própria vida, então vou tentar escrever um pouco sobre isso - e outras coisas mais.
Algumas coisas podem parecer fúteis, eu mesma acho, como "será que deixo um scrap?". Mas vivendo a história é complicado até isso! Claro que não vivo só de paixonites. Tem também o vestibular chegando, um provável intercâmbio, brigas com a minha mãe, dúvidas, desconfianças, vontade de mudar o mundo, mudar o cabelo, escrever um livro, tocar guitarra, fugir.
Por enquanto escrever continua sendo meu refúgio, mas dessa vez vou dividi-lo com quem tiver paciência pra isso.

Então por enquanto é isso... Beijos, valeu.

2 comentários:

ana disse...

Vou ter sempre muita paciência pra isso :) Te amo demais!

Anônimo disse...

Vou ter sempre muita paciência pra isso :) [2] EU TE AMO MUITO